Acidentes de Trânsito

No Comment
Acidentes de Trânsito

BRASIL É 42O PAÍS EM MORTES POR ACIDENTES DE TRÂNSITO

Número de fatalidades corresponde a 3,5 % das mortes por câncer, isquemia cardíaca e doenças cerebrovasculares, segundo estudo de universidade americana,

Um estudo divulgado neste em fevreiro pela Universidade de Michigan (Estados Unidos) com base em dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que o Brasil ainda tem uma média ruim de fatalidades em colisões de trânsito. Apesar de não estar entre os 25 piores, o país ficou em 42º lugar, com 22 mortes para cada 100 mil pessoas. O primeiro país do ranking, que traz o maior número de mortes, é a Namíbia, com 45 óbitos para 100 pessoas.

O Brasil está há 127 posições das melhores colocações, que começam com a Islândia, em 169º lugar e 6 mortes para a mesma amostragem.

A pesquisa americana levantou dados sobre a quantidade de acidentes de trânsito em 193 países e os comparou com as principais causas de morte no mundo todo (segundo a OMS): câncer, isquemia cardíaca e doenças cerebrovasculares. O objetivo, segundo os responsáveis pelo levantamento, foi colocar mortes em acidente rodoviários num contexto mais amplo.

Isso permitiu concluir que, no mundo todo, os óbitos no tráfego correspondem a 15,9% dos falecimentos por câncer, por exemplo. No Brasil, esse índice sobe para 22%. O pior número ficou com a Namíbia, com 153,9%. O melhor foi para as Malvinas, com 1,7%. De acordo com a pesquisa, os índices mais negativos foram registrados na África e os melhores, na Europa.

É importante ressaltar que, no caso dos países com altas porcentagens, o número de mortes no trânsito é inversamente proporcional ao de óbitos por câncer, por exemplo. Sendo assim, se a já citada Namíbia tem 153,9%, isso significa que ela registra poucos falecimentos pela doenças, mas muitos por acidentes rodoviários.

(http://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2014/02/brasil-e-42-pais-em-mortes-por-acidentes-de-transito.html)





Comentários

comentários

No Comments

Leave your comment





− 1 = dois

         


Back to Top